Phyllis Dillon: a Rainha do Rocksteady

Phyllis DillonPhyllis Dillon nasceu em Linstead – St. Catherine, na região central da Jamaica. No ano de 1948 nascia a “Rainha do Rocksteady”.

Phyllis esteve sempre envolvida com a música desde sua infância/adolecência, cantava na escola, em coral de igreja e mais tarde passou a cantar em shows de talento. Mas foi no final de sua adolecência, cantando com a banda The Vulcans que ela se destacou e iniciou sua carreira de verdade. Começou a sair de Linstead e a cantar em outras cidades, inclusive Kingston. Foi no clube Glass Bucket na capital, que Lynn Taitt (guitarrista contratado de Duke Reid*) descobriu Dillon e a levou para que Duke a conhecesse. Em 1965 ela assinou com Reid um contrato junto à gravadora Tresure Isle que durou praticamente toda sua carreira e em 1966 com a idade de 18 anos foi lançado o primeiro material.

Dillon foi influênciada de forma marcante por artista de soul dos Estados Unidos e fez alguns covers de músicas como: “Make Me Yours” de Bettye Swann, “Tulips and Heather” de Perry Como, “Midnight Confessions” de The Grass Roots “Midnight Confessions” e “Love the One You’re With” de  Stephen Stills.

No auge da carreira de Phyllis, o som jamaicano passava por uma transição onde a batida mais lenta começava a predominar na música. Era o surgimento do reggae e a “morte” do ska passando pelo rocksteady. Essa transição encaixou de forma perfeita com a voz de Dillon que possuia fortes raízes no soul e combinava de forma melodiosa com o rocksteady.

Com a popularidade do rocksteady, Dillon gravou inúmeros hits como “Perfidia”, “It’s Rockin’ Time” (também conhecida como “Rock Steady). Além disso nessa mesma época vários duetos puderam ser ouvidos com grandes nomes da música jamaicana: Alton Ellis (seu amigo e mentor) e Hopeton Lewis.

Apesar da grande aceitação, sucesso e gravações, Dillon “não via a cor do dinheiro”. A produtora (Reid) ficava com todo o lucro e royalties por causa de falhas nas leis de copyright da Jamaica. Insatisfeita com a situação, em 67 Phyllis muda-se para Nova York, passando a viver de trabalhos temporários e mais tarde em um banco. Inicialmente enquanto morava nos EUA, ela ainda retornava algumas vezes para gravar com Reid, mas a situação em relação aos lucros não mudava e desistiu definitivamente da carreira de cantora.

Label, Phyllis Dillon - Don't Stay AwayFoi só no final da década de 80 que Michael Barnett, diretor da MKB Productions, produziu Get Ready Rock Steady tours, chamou a “rainha” para fazer shows novamente. Em um primeiro momento ela recusou, mas em 91 aceitaria o pedido do mesmo produtor para uma celebração de roscksteady na Jamaica que reuniu mais de cinco mil pessoas. A partir daí ela cantaria em vários outros países incluindo alguns da Europa e Japão.

Infelizmente em 2004 Phyllis Dillon morreu de câncer depois de dois anos lutando contra a doença. Perdemos a grande Rainha do Rocksteady que sem dúvida marcou a história da música jamaicana e mundial.

*Produtor musical, DJ, dono/fundador da Treasure Isle, comandou o sound sytem mais famoso da ilha, que posteriormente deu nome à gravadora inglesa, famosa pelos seus box sets, Trojan.

fontes:
http://www.musicianguide.com/biographies/1608004431/Phyllis-Dillon.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Phyllis_Dillon
http://www.allmusic.com/cg/amg.dll?p=amg&sql=11:0bfqxql5ldhe~T1

Discografia:

Músicas:

Download:

(Novamente, crédito para o pessoal do YOU AND ME ON A JAMBOREE. Caso algum link não funcione só comunicar que eu disponibilizo o álbum)

Entrevista: (ótima!!!)

Anúncios

7 Responses to “Phyllis Dillon: a Rainha do Rocksteady”


  1. 1 feiolipe 28/10/2008 às 22:05

    God save the Queen =)

  2. 2 jorge paulo 09/12/2008 às 16:44

    eu não a conhecia, e, de fato, ela me impressionou.

  3. 3 gustassifon 09/12/2008 às 16:51

    bacana que tenha gostado =)
    se tiver alguma música que queira e tal é só falar ;)

  4. 4 Aline Piva 14/03/2012 às 09:19

    Não estou conseguindo achar o Midnight Confessions, será que você poderia me envia-lo?

  5. 5 gustássifon 14/03/2012 às 10:23

    Aline, com essa onda de fechamento de sites como o megaupload, optei por disponibilizar o álbum via torrent. Confere neste post aqui: http://wp.me/pjmz4-6N. Atualizei com o link do torrent.

  6. 6 gustássifon 14/03/2012 às 10:24

    Se não conseguir baixar, dá o grito que tentamos outra solução ;)


  1. 1 Sobre Rocksteady « BeagaSka Trackback em 29/11/2008 às 12:56

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




estatística

  • 214,482 cliques

roodboss (t)


%d blogueiros gostam disto: